"Sou uma mulher madura, que às vezes brinca de balanço. Sou uma criança insegura, que às vezes anda de salto alto."
Martha Medeiros

sábado, 19 de março de 2011

preguiça, simplesmente preguiça

Faz quase 4 meses que não escrevo, e vou assumir meu pecado, aliás meu pecado capital favorito, a PREGUIÇA.

Não sou de supervalorizar nada, e não acredito nesses tais pecados capitais, até porque vou chamar de preguiça branca. Na real, eu simplesmente, não estava a fim.

Acho que foi o verão, época do ano que eu mais amo.

Adoro torrar no sol, sei que sou até um tantinho irresponsável, mas eu tomo muuuuuuuuuuito sol, e admito minhas irresponsabilidade comigo, eu não uso protetor solar, e aí invento a minha desculpa com mais uma das minhas teorias conspiratórias, que é a de câncer de pele é coisa inventada dos fabricantes de protetor solar.

Parece pouco tempo, mas aconteceram muitas coisas na minha vida, no meu país, no mundo. Temos a primeira presidente mulher (ou seria presidenta????), tsunami no Japão, meu de mudança pra cá, apaixonada, novos amigos, velhos amigos que voltaram, amigos que se foram, tornozelo machucado (por isso sábadão em casa com pé pra cima, carnaval sem Salvador, carnaval sem viajar pra lugar nenhum, U2 de novo vem ao Brasil (e eu vou, claro), reveillon só com minha vozinha de quase 100 anos (que linda acordou pra me dar um abraço e pra dizer que eu sou uma estrela), tivemos literalmente uma guerro dentro da cidade mais linda do universo, só pra resumir um pouquinho.

Enfim, muitas novidades que eu poderiam ter escrito, fotografado, mas eu só tava com preguiça.

Mas como sou uma pessoa de sorte, a blogosfera não morre, posso voltar e descarregar aqui minhas bobagens.

4 comentários:

  1. Obaaa! Temos a Zane mais pertinho agora!!
    Que bom que voltou!
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Dani!
    Mande notícias sempre, vc tbm, viu!?!?!
    Um beijo

    ResponderExcluir